Inspiração

Publicitário encontra forma criativa de combater o racismo no mercado de trabalho

por: Redação Hypeness

Recentemente, uma campanha criada pelo Governo do Paraná mostrou de forma clara o quanto o racismo interfere na vida das pessoas, inclusive na hora de procurar um emprego. No vídeo, dois grupos de profissionais de Relações Humanas (RH) são convidados a descrever várias pessoas – brancas e negras – que aparecem em fotos em variadas situações. Quando as fotos das pessoas negras são mostradas, o racismo fica evidente na maneira com que são descritas.

Agora, na contramão desta triste realidade, uma agência digital está fazendo sua parte para combater o racismo oferecendo oportunidades exclusivamente a profissionais negros. A agência digital New Vegas está à procura de pessoas negras que trabalham em agências para um workshop de social media que acontecerá em janeiro.

Segundo Ian Black, sócio diretor da agência, um dos motivos de as vagas serem destinadas exclusivamente a profissionais negros é ‘reforçar as habilidades e a empregabilidade dos mesmos e aumentar suas chances de influenciar a contratação de outros profissionais negros’.

Ian ainda explica que a ‘capacitação destes profissionais também pode influenciar no aumento da representatividade positiva dos negros em peças publicitárias e na extinção de campanhas que reforçam estereótipos racistas’.

Veja o post publicado por Ian no Facebook:

Os interessados devem se cadastrar preenchendo o formulário disponibilizado.

Na página do cadastro, a descrição do workshop ainda destaca que no mínimo 50% das vagas serão reservadas a mulheres (cis ou trans).

Ficou interessado! Se inscreva!

Todas as fotos: Reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Antes de morrer, chimpanzé de 59 anos se emociona ao reconhecer primeiro cuidador