Inspiração

Este homem tem 88 anos e continua cosendo milhares de meias para pessoas em situação de rua

Redação Hypeness - 24/01/2017

Tudo começou com uma aposta: alguns anos atrás um amigo desafiou o aposentado canadense Robert Rutherford, hoje com 88 anos, a construir uma máquina de costura mais veloz do que qualquer outra. Rob não só venceu a aposta, como o fez em dobro, construindo duas máquinas capazes de dar até 90 pontos por segundo cada uma. A invenção de Rob só encontrou seu real propósito, no entanto, muitos anos depois, quando a esposa de Rob veio a falecer.

 Rob1

Quando minha mulher morreu, em 2010, eu senti duramente a perda, como todos sentiriam, e precisava fazer algo”, disse Rob. “Meu filho então me disse: ‘Se você quer ajudar a si mesmo, ajude outras pessoas’”. Rob levou o conselho do filho como um novo mote de sua vida, e se junto a três amigos – um com 92 anos, outro com 85, e um jovem de 65 anos – para fabricarem meias para desabrigados e moradores de abrigos em seu país.

Rob2

Rob3

Desde então foram mais de 10 mil pés de meia distribuídos – só em 2016 o grupo fez 2 mil pés. A lã é doada de um produtor local, enquanto o filho de Rob ajuda a levantar fundo para custear o resto. É admirável que três pessoas possam aquecer os pés de outras 5 mil – e enquanto paramos para admirar Rob e seus amigos, eles seguem produzindo, cheios de propósito e, de passo em passo, fazendo o mundo melhor e mais quentinho.

Rob4

© fotos: divulgação

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Pharrell Williams abre escola particular para estudantes de baixa renda