Fotografia

A beleza feminina, o amor lésbico e o peso do racismo na fotografia sensual de Anne Barlinckhoff

24 • 02 • 2017 às 06:05
Atualizada em 22 • 11 • 2018 às 10:24
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Durante os seis meses em que viveu na África do Sul, a fotógrafa holandesa Anne Barlinckhoff adquiriu uma nova perspectiva sobre a humanidade. No país, ela desenvolveu sua fotografia explorando alguns dos limites entre o amor lésbico, o preconceito racial e a beleza feminina conectada à natureza.

amor1

Em meio a folhas de bananeira, frutas e muita sensualidade, a fotógrafa fala de política mesmo sem tocar no assunto. Afinal, é difícil não ver em seus cliques um reflexo do apartheid sul africano. Mesmo assim, ela nem sequer considera seu trabalho como um trabalho em si e sim como uma “troca de amor“, segundo contou à Vogue Itália.

amor3

Nesta página, você encontra diversas fotografias intimistas capturadas pela fotógrafa que mostram a beleza da mulher em suas diferentes formas. Para conhecer mais do trabalho de Anne, nós recomendamos que você também acompanhe a artista através do Instagram, onde ela já conta com mais de 16 mil seguidores.

amor2

amor10

amor9

amor8

amor7

amor6

amor5

amor4

Todas as fotos © Anne Barlinckhoff

Publicidade

Canais Especiais Hypeness