Inovação

O ‘Tinder do planejamento urbano’ está ajudando a construir cidades mais democráticas

por: Redação Hypeness

Já pensou como seria se opinar sobre o planejamento urbano da sua cidade fosse tão fácil quanto encontrar um pretendente no Tinder? É justamente essa a proposta de um site lançado pela cidade de Santa Monica, nos Estados Unidos: tornar a participação popular simples e intuitiva, sem depender da burocracia relacionada às leis municipais.

O site ganhou o nome de CitySwipe (algo como “deslizar a cidade”, em inglês) e permite que os usuários façam exatamente isso. Após preencher uma rápida pesquisa de perfil para informar se vive, trabalha ou é visitante do centro da cidade, o usuário define algumas de suas preferências e pode começar a opinar sobre questões relativas à região.

swipe2

Entre os temas abordados estão questões relacionadas ao transporte, como a quantidade de vagas de estacionamento, ou mesmo se é de interesse dos moradores ter mais obras de arte urbana espalhadas pela vizinhança. São dois tipos de perguntas: as que podem ser respondidas com sim/não e aquelas em que o usuário precisa definir se prefere uma coisa ou outra entre duas fotos apresentadas. Durante a pesquisa também é possível deixar um comentário a respeito dos assuntos.

swipe3

Fotos: Reprodução

Após responder todas as questões, as pessoas podem deixar seus dados de contato para receber mais informações sobre o que ocorre no centro da cidade. De acordo com o site da iniciativa, os dados serão usados para criação do plano comunitário para a região, que irá guiar os investimentos a serem feitos no centro da cidade pelos próximos 15 anos.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Companhia aérea cria rede de restaurantes de ‘comida de avião’ em terra firme