Inspiração

Com a chegada da filha, casal cria plataforma e eventos para famílias com criança em SP

por: Mari Dutra

Quando engravidaram da pequena Aurora, hoje com 1 ano e meio, Luísa Alves e Daniel Rotatori começaram a perceber a falta de informações sobre atividades para pais de bebês em São Paulo. Ela natural de Porto Alegre e ele de São Bernando já viviam na cidade há anos, mas não encontravam eventos específicos para famílias com crianças ou mesmo dicas de lugares em que os pequenos fossem bem recebidos. Para resolver esse problema, os dois resolveram empreender e criaram o Guia Fora da Casinha.

image00001

No início, o site era voltado apenas para a divulgação de locais e eventos para pais com filhos saírem mais de casa, sem usar as crianças como desculpa para dar uma pausa na vida social. Com o tempo, eles passaram da divulgação à criação de novas atividades na cidade, como festas de carnaval que reuniram centenas de pessoas em espaços de São Paulo. Além dos eventos serem mais tranquilos do que uma festa tradicional, eles contavam até mesmo com espaço de soneca para os bebês.

guia2

Os “eventos Fora da Casinha“, como eles chamam, irão acontecer pelo menos uma vez ao mês neste ano em diferentes estabelecimentos da capital paulista. A programação pode ser acompanhada através do Facebook do Guia: são festas mais tranquilas, piqueniques e encontros para que as famílias possam se reunir e passar mais tempo juntas.

guia3

Além dos eventos criados por eles, Luísa destaca que a curadoria ao oferecer informações é fundamental e também uma marca registrada do Guia Fora da Casinha: “Acreditamos na importância do contato com a cidade e todas as suas nuances e privilegiamos eventos de roteiros que envolvam isso. Espaços públicos e culturais onde haja diversidade em todos os sentidos e ainda proporcionem um bom tempo entre pais e filhos. Não adianta divulgar todos os eventos, se a gente não conhece a procedência ou se podem causar mais stress familiar do que conexão e interação.“, comenta.

image00004

A ideia é também mostrar a importância de lugares babyfriendly em São Paulo. Para isso, eles mapeiam os estabelecimentos e cobram destes uma postura que seja acolhedora por completo e não apenas na fachada. “Não adianta ter menu kids ou EVA no espaço das crianças se você não dispõe de fraldário ou a fila preferencial não é respeitada. É preciso ter empatia pelos bebês e entendê-los como cidadãos também.“, lembra Daniel, que também é pai de Ramon, de 8 anos.

image00006

Recentemente, o casal está investindo cada vez mais na criação de vídeos para o canal do Youtube do Guia Fora da Casinha, que existe desde a criação do projeto, mas ganhou fôlego um pouco depois. “Percebemos que nosso público se envolve muito na criação de seus filhos e tem curiosidade sobre temas dese universo. Além disso, há muitas possibilidades de abordagem sobre viver em São Paulo com crianças e gostaríamos de compartilhar isso com as famílias. Nada melhor que um conteúdo mas rápido e visualmente atrativo que a família toda possa conferir.“, comenta Luísa sobre o canal.

image00007

image00002

Todas as fotos: Divulgação

Publicidade


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Meu marido que cuida da casa!’, diz Thais Carla sobre tarefas domésticas