Inspiração

Eles cortaram o cabelo igual para confundir a professora e deram uma lição de vida em muito adulto

por: Redação Hypeness

O pequeno Jax Rosebush, de apenas 5 anos, teve a ideia de pedir para sua mãe cortar o seu cabelo igual ao do melhor amigo Reddy. Na cabeça dele, essa seria uma maneira de pregar uma peça na professora, que iria confundir os dois amigos, já que ficariam parecidos.

3DDD10F100000578-4273942-image-a-110_1488437477768

A mãe do garotinho, emocionada com a história, fez um relato no Facebook, contando o plano de Jax e Reddy, e mostrando porque o pedido deles era tão especial. Jax é branco, e Reddy é negro. Mas, aos olhos do sábio garotinho, a única diferença que existia entre eles era o corte de cabelo.

“Esta manhã Jax e eu conversamos sobre seu cabelo. Eu disse que ele precisava cortar o cabelo nesse fim de semana. Ele respondeu que queria raspá-lo para ficar parecido com o seu amigo Reddy. Ele disse também que estava ansioso para ir para a escola, já que sua professora não seria capaz de diferenciá-los. Ele pensou que seria muito divertido confundi-la com o mesmo corte de cabelo. Aqui está uma foto de Jax e Reddy no Natal. Tenho certeza que todos veem a semelhança. Se esta não é a prova de que o ódio e o preconceito é algo que é ensinado, eu não sei o que é. A única diferença que Jax vê nos dois é o corte de cabelo.”

O depoimento viralizou rapidamente, tendo passado dos 150 mil likes e de 80 mil compartilhamentos. Mais uma vez as crianças, com toda sua inocência, dão uma bela lição para a sociedade!

jax-e-reddydebbie-weldon-ap-jpeg

Imagens © Reprodução Facebook/KSLA

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ilha devolvida a indígenas na Califórnia é vitória sem precedentes na luta por direitos dos povos originários