Inovação

Fomos até Curitiba curtir a Zombie Walk, um verdadeiro show de horrores pelo centro da cidade

Gabriela Alberti - 02/03/2017 | Atualizada em - 31/05/2018

Para quem não está familiarizado com o termo, a Zombie Walk é uma caminhada onde participantes se caracterizam de zumbis, além de se comportarem como tal. São eventos que acontecem no mundo inteiro, e uma das primeiras Zombie Walks que se tem registro aconteceu em Toronto, no Canadá, e contou com apenas seis participantes.

Hoje, a passeata dos mortos-vivos acontece em cidades como São Francisco, Montreal, Nova York, Sydney, Lisboa, Baltimore e Seattle. Aqui no Brasil, inúmeras cidades aderiram ao movimento, mas sem dúvida uma das Zombie Walk que possui mais destaque é a que acontece na capital paranaense.

13

18

WCT_02-de-março-de-2014_0009

17

16

14

or-e998fc16-8eb2-4203-af8f-9fec43b21cb7

Na sua oitava edição, o evento é realizado sempre no domingo de Carnaval, e leva multidões às ruas de Curitiba. Neste ano, a Zombie Walk CWB quase não aconteceu, por conta de um impasse com a prefeitura da cidade.

Mas depois de grande comoção pública e muita conversa entre os organizadores e a Fundação Cultural de Curitiba, chegou-se a um consenso para que o evento finalmente pudesse ocorrer.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=UBBeieQPzbc”]

Registro feito por Renan Costa

A caminhada reúne desde turistas, que vem até a cidade em busca de um carnaval alternativo, até moradores, que comparecem com toda a família. Nem mesmo os pets ficam de fora.

31

5

20

16991775_1270586076363040_4028230244717373910_o

Cerca de 20 mil pessoas participaram da edição de 2017, que começou próximo das 14h na tradicional Boca Maldita, localizada no calçadão da Rua XV de Novembro. Duas horas antes os participantes já se concentravam no local, que contava com barracas disponibilizadas pela organização com equipes de profissionais que cobravam R$25,00 por uma maquiagem completa.

17038980_10210842389992425_7227066265448582626_o

17038789_1775066606144225_4262335613781393515_o

3

8

15

11

1

40

39

38

A passeata dos mortos-vivos teve como destino final a Praça 19 de Dezembro, onde diversos shows foram realizados. O trajeto contou com uma pausa no Paço da Liberdade, para que os participantes aproveitassem para se hidratar e tirar algumas fotos.

A parada contou também uma divertida performance de zumbis ao som de Thriller, do Michael Jackson, que é realizada desde a terceira edição da Zombie Walk CWB. O grupo de dançarinos conta com uma equipe fixa, mas qualquer um pode participar. Basta realizar um minicurso de 4 aulas, que acontecem durante um mês e são divulgadas na página do evento no Facebook, algumas semanas antes da realização do evento.

16905074_1270586229696358_457291313172870227_o

16992287_1775066776144208_8428025788945570442_o

34

33

35

36

32

28

29

24

25

17015851_1270584543029860_574017120259758172_o

27

21

23

Todas as imagens © Gabriela Alberti/João Carlos Frigério/Renata Kalkmann/Reprodução Facebook Zombie Walk

faixa_roteiro

Publicidade


Gabriela Alberti
Aquariana, curitibana, canhota e (só um pouco) teimosa. Curiosa desde o berço, tô sempre em busca de novidades, da senha do wi-fi, de novas séries para virar o fim de semana e de passagens promocionais para, quem sabe um dia, dar a volta ao mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.