Fotografia

Fotógrafa mineira retrata o amor na rotina de famílias que têm filhos com autismo, paralisia cerebral e outros distúrbios

por: Gabriela Alberti

Com um irmão autista, a psicóloga mineira Laiza Marinho, hoje vivendo em Curitiba, cresceu convivendo com crianças com as mais diversas necessidades.

Por conta disso, ainda na faculdade, ela resolveu se dedicar ao acompanhamento terapêutico em escolas especiais, o que a aproximou ainda mais dessas situações.

Como também é fotógrafa amadora, Laiza teve a ideia de desenvolver o projeto Histórias que Curam: para além de um diagnóstico, onde fotografa o cotidiano destas famílias, como uma forma de sensibilizar a sociedade sobre as dificuldades e alegrias que envolvem o seu dia a dia.

Foto-11-620x413

O resultado são imagens incríveis e delicadas, que buscam valorizar a singularidade de cada criança. “O que me chama a atenção em cada família que eu conheço é sua luta, o esforço e dedicação para que o filho tenha todas as condições necessárias para se desenvolver. Quando converso com os pais percebo as dificuldades, mas também percebo o amor, é isso que os motiva a sempre tentar e buscar todas as possibilidades“, disse a jovem ao Hypeness.

Foto-5-620x413

Foto-2-620x930

 

Foto-9-620x413

Foto-4-620x414

Foto-7-620x413

Foto-8-620x413

Foto-3-620x413

Foto-6-620x413

Foto-10-620x413

Foto-1-620x413

Foto-12-620x413

Para saber mais sobre o projeto, visite o site da Laiza, sua página no Facebook ou no Instagram.

Todas as fotos © Laiza Marinho

Publicidade


Gabriela Alberti
Aquariana, curitibana, canhota e (só um pouco) teimosa. Curiosa desde o berço, tô sempre em busca de novidades, da senha do wi-fi, de novas séries para virar o fim de semana e de passagens promocionais para, quem sabe um dia, dar a volta ao mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Projeto fotográfico prova que deficiência física não é obstáculo para a arte