Inovação

O primeiro anfíbio fluorescente do mundo foi descoberto e é maravilhoso

por: Redação Hypeness

Durante o dia, a perereca Hypsiboas punctatus não parece muito diferente das tantas espécies que habitam a América do Sul. Mas, quando cai a noite, a baixa luminosidade revela a característica mais incrível deste animal: a fluorescência.

A descoberta recente, publicada por cientistas brasileiros e argentinos, surpreendeu os próprios especialistas. Eles explicam que a fluorescência é relativamente comum em animais marinhos, mas bastante rara nos terrestres – apenas algumas poucas espécies de papagaios, borboletas e artrópodes como aranhas e escorpiões tinham sido identificadas com a propriedade.

via GIPHY

Os biólogos lembram que a fluorescência não deve ser confundida com bioluminescência: enquanto na primeira os organismos são capazes de absorver ondas de luz curtas e emiti-las de forma longa, o que os faz brilhar, na segunda são processos químicos que respondem pela emissão de luz.

Isso significa que, ao contrário dos bioluminescentes, que emitem luz própria mesmo na total escuridão, a Hypsiboas punctatus apenasreflete” a luz em ambientes escuros, mas com alguma claridade. Os cientistas ainda não sabem direito como e por que a espécie de perereca desenvolveu a característica, mas a comunicação com o objetivo do acasalamento é a principal hipótese levantada.

img_757x498$2017_03_14_18_33_51_608549

58d0d37514000088060709dd

img_757x498$2017_03_14_18_26_14_608548

Imagens: Reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Governo compra hoteis e recontrata funcionários para abrigar pessoas em situação de rua no Canadá