Inovação

Para proteger areia da praia, cervejaria cria máquina que transforma garrafas em areia para construção civil

por: Redação Hypeness

Para manter de pé esse mundo cada vez mais industrializado, o furioso consumo de materiais essenciais como madeira e água vem desestabilizando e ameaçando ecossistemas e comunidades – e, na soma, o planeta como um todo – da onde são tirados. Dentre tais matérias primas, uma delas, fundamental para a construção civil, oferece um dilema único: a areia. 40 bilhões de toneladas de areia são demandas pelo mundo anualmente, e no entanto, diferentemente da madeira ou da água, a areia não é renovável.

Areia7

E essa fonte está começando a secar. O problema maior evidentemente não está para as empresas – que precisam urgentemente, em todos os setores, conter e controlar tanto o consumo quanto a produção – mas sim nas comunidades e ecossistemas da onde esta areia é retirada. Praias e ilha inteiras já estão ameaçadas de extinção por conta da demanda por areia – e foi pensando nisso que a cervejaria neozelandesa DB Breweries criou uma máquina que transforma garrafas em areia nova.

Areia1

Como 70% do vidro já é mesmo areia, o processo se reverte em um resultado praticamente natural novamente. Milhares de toneladas de garrafas de vidro são despejadas em lixões e outros depósitos anualmente, e com a máquina, essas garrafas podem voltar a ser areia – a ser oferecida justamente às construtoras e outras indústrias que utilizam areia como materia prima. Claro que o vidro é só um dos incontáveis produtos feitos a partir do material – de remédios à chips – mas já é um começo.

Areia8

Areia6

A solução real não é simples, e exige uma revisão gigantesca de todo o modo de produção e consumo global – envolvendo diversos países, empresas, legislações em graus diversos.

Areia5

De qualquer forma, a máquina da DB Brewerie – que por enquanto funciona para somente um de seus produtos – pode servir como ponto de partida para iniciativas maiores e mais gerais, que possam não só reverter parte do dano, como também impedir danos futuros maiores.

Areia4

Areia2

Areia3

Ainda assim, e em todo caso, é preciso que o mundo mude sua maneira de viver – pois quem paga a conta de tudo isso, no final, sempre somos nós.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=7uOukrxj4sY” width=”628″]

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pesquisador desenvolve caixão ecológico que transforma seu corpo em adubo em 3 anos