Inspiração

Vídeo de médico cantando e tocando pra garotinha doente mostra por que um bom médico pode mudar vidas

por: Tuka Pereira

Um bom médico não é apenas aquele profissional que faz consultas e prescreve remédios aos pacientes. Na verdade, para ser um bom médico é preciso começar sendo um bom ser humano. E este é o caso de Paulo Fernando Martins Filho, o residente de 27 anos que integra a ala pediátrica do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (SP).

Em um vídeo publicado pela página de uma clínica de vacinação, Dr. Paulo aparece cantando e tocando em ukelele uma animada canção para uma garotinha chamada Sofia. Ela dança feliz e as imagens mostram nitidamente o quanto o profissional é apaixonado pelo o que faz.

O vídeo publicado há poucos dias já teve mais de 3,8 milhões de visualizações, 51 mil reações e quase 80 mil comentários, todos com mensagens de pessoas emocionadas com o gesto carinhoso do médico.

interna

A cantoria mostrada no vídeo, no entanto, foi apenas uma parte do show que ocorreu no hospital naquele dia. Como a enfermaria da oncologia estava lotada de adolescentes, ‘o médico-artista’ quis animá-los e fez um tour musical de duas horas. Ele passou de quarto em quarto cantando rock, sertanejo, música gospel ou qualquer estilo pedido pelos pacientes.

Me surpreendi com a repercussão das imagens por que para mim aquilo é um fato cotidiano e não foi nada demais. Todos os dias eu estou na enfermaria com aquelas crianças cuidando, conversando, me preocupando para que elas não se sintam tristes e nem ociosas. Quando a gente faz o que ama, nada é um esforço’, declarou ao Hypeness.

Dr. Paulo está no 2 ano de residência em pediatria e se forma em março de 2018. Ele é natural de Campina Grande, na Paraíba, e vive em Ribeirão Perto, onde trabalha, há um ano. Sua vocação médica, vem de família, tanto a mãe quanto sua irmã atuam como pediatras.

paulo_interna

Quando me mudei de Capina Grande senti muita falta de minha família e amigos. Com isso os pacientes, seus familiares e os funcionários do hospital acabaram se tornando minha própria família. É com elas que eu passo a maior parte do meu tempo”, contou.

Além de encantar os pequenos com música, o médico ainda costuma trabalhar diariamente usando jalecos estampados com personagens que fazem parte do universo infantil como Dragon Ball Z, Pokémon e Shrek.

As pessoas precisam ser exatamente como desejam ser e jamais se deixar embrutecer por conta de atitudes negativas que muitas vezes tentam nos contaminar. Quando se trabalha em um hospital, muita gente acaba se tornando amargurado, pois não é um dia a dia fácil, mas é preciso manter a convicção, o bom humor e a alegria sempre. É assim que vivo minha vida pessoal e profissional’, concluiu.

Parabéns, Dr. Paulo!

Todas as imagens: Reprodução

Publicidade


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Cãozinho herói ajuda a salvar coalas de incêndios na Austrália