Debate

A crítica ao machismo feita em vídeo pelas alunas da Poli é simplesmente maravilhosa

por: Redação Hypeness

Quebrar estereótipos é um algo que as mulheres são grandes especialistas já que a vida em uma sociedade patriarcal impõe uma série de padrões para quem nasce no sexo feminino. Vejam o exemplo das mulheres da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, uma unidade que ministra cursos de engenharia para uma grande maioria masculina. Como vocês imaginam ser a vida das alunas daquela instituição?

Pois um vídeo lançado pelas alunas da engenharia civil, nos dá uma leve ideia. Para uma das provas de uma tradicional gincana entre os centros acadêmicos, a “Integrapoli”, elas fizeram um clipe dublando a música Survivor da Destiny’s Child, antiga banda de Beyoncé.

Em seus corpos, palavras escritas em batom preto representam estereótipos e ofensas que são apagados por cada uma das alunas que aparecem no vídeo: “preta”, “mal amada”, “já pegou a Poli toda”, “sexo frágil”, “você vai desistir” “cara de empregada.” A ideia foi justamente apagar os preconceitos que elas enfrentam em seu dia a dia.

Assista:

01

02

03

04

* Imagens: Reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Camisinhas usadas prontas para serem vendidas como novas são apreendidas pela polícia