Inovação

Cerveja reduz os riscos à saúde causados pela carne de churrasco, diz estudo

por: Redação Hypeness

Patrocinado por:

Publicidade Anuncie

É isso mesmo, a cerveja é capaz de reduzir os danos causados pelo consumo da carne de churrasco. Mas, infelizmente, não é  da maneira que você está pensando

Um estudo liderado pela pesquisadora Isabel Ferreira da Universidade do Porto, em Portugal, sugere que marinar a carne do churrasco na cerveja pode ser uma boa maneira de torná-la menos nociva à saúde. Isso acontece porque a maneira que fazemos churrasco costuma aumentar a produção de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs). Essas substâncias estão associadas a uma maior incidência de câncer colorretal.

churras1

Foto via / Foto destaque via 

Mas onde a cerveja entra nessa história? A descoberta é que os antioxidantes presentes na bebida ajudariam a frear a produção de PAHs. Por isso mesmo, marinar a carne na cerveja antes de colocá-la na churrasqueira é uma boa maneira de evitar os danos causados por esse método de preparo.

A pesquisa testou dois tipos de cerveja: uma pilsen e uma cerveja preta. Depois, os PAHs encontrados nas carnes que haviam sido marinadas foram comparados com o da carne assada em estado normal. Esta última apresentava 21 nanogramas de PAHs por grama de carne; no caso da carne marinada em cerveja pilsen, esse número ficou em 18 nanogramas. Mesmo assim, a carne marinada em cerveja preta foi a grande vencedora nesse quesito, tendo apenas 10 nanogramas de PAHs. A descoberta foi publicada no Journal of Agricultural and Food Chemistry.

Publicidade Anuncie


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
A incrível casa-bambu pré fabricada que leva apenas 4 horas para ser montada