Debate

Homem do ES é obrigado pela justiça a admitir nas redes sociais mentira que contou sobre mulher

por: Tuka Pereira

Dizem que nenhum mentiroso consegue sustentar sua história por muito tempo e foi justamente o que aconteceu com o estudante Lázaro Dias, de Vitória, Espírito Santo. Há cerca de 1 ano ele espalhou para seus amigos que teve relações sexuais com Izabela Stelzer Pagiola, algo que nunca aconteceu.

Ela levou o caso à justiça e nesta semana conquistou o direito a um pedido de desculpas que não chega nem perto do estrago que Lázaro fez em sua vida, mas que a deixou se sentindo um pouco menos injustiçada. Na tarde desta terça-feira, 23, ele foi obrigado a desmentir publicamente através do Facebook e Instagram tudo o que havia dito. Izabela abriu mão de um pedido de indenização.

tumblr_nebmxpdQ1l1t5c6u6o1_500

Na declaração ele diz que tudo não passou de uma invenção, que jamais teve qualquer relação íntima com Izabela e pede desculpas a ela, sua família e namorado.

Veja na íntegra abaixo:

Eu LAZARO NASCENTES DIAS, em meados de maio/2016, afirmei para meus amigos que havia saído e tido relacionamento íntimo com IZABELA STELZER PAGIOLA. Esclareço, nesta oportunidade, assim como declarei na superintendência técnica da Polícia Civil e nos autos da queixa-crime nº 0017732-64.2016.8.08.0024, que nunca tive qualquer relação, íntima ou não, com a Sr. IZABELA e que tudo não passou de minha invenção. Utilizo esse espaço para me retratar publicamente e pedir desculpas a todos os envolvidos que se sentiram ofendidos pelos transtornos criados pela mentira que inventei, principalmente a ela, que foi diretamente atingida em sua honra, bem como, sua família e seu namorado“.

O post publicado de forma pública no perfil do jovem possui milhares de compartilhamentos e comentários de pessoas debochando sua atitude imatura e pouco inteligente.

Izabela também se pronunciou sobre o caso nas redes sociais.

tumblr_np0r0bgygu1uw3b6to1_500

* Imagens: Reprodução

vergonha_menor

Publicidade


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
45% dos homens dos EUA não trocam de cueca diariamente, diz pesquisa