Debate

Campanha em Madri manda homens fecharem as pernas no transporte público

Redação Hypeness - 12/06/2017

Conseguir um lugar para viajar sentado no transporte público já é um desafio, mas existe mais um inconveniente: já repararam como os homens geralmente se sentam com as pernas abertas? Portanto, uma mulher que se sentar ao lado de um desses ‘arreganhados’ tem seu espaço pessoal invadido e precisa se encolher se quiser continuar naquele lugar.

Por conta desta tremenda falta de educação, em Madri, na Espanha, a EMT, empresa municipal de transportes da cidade, espalhou placas com a figura de um homem sentado, com as pernas abertas, ao lado de um grande X vermelho.

Através de comunicado, a empresa declarou que o objetivo da campanha é fazer com que os passageiros do sexo masculino se lembrem sobre “a necessidade de manter o comportamento cívico e respeitar o espaço de todos a bordo do ônibus“.

A iniciativa é uma resposta a uma petição criada por um grupo de mulheres que arrecadou mais de 12 mil assinaturas. O documento diz ser comum mulheres no transporte público ‘com suas pernas fechadas e muito desconfortáveis por causa de um homem sentado a seu lado e invadindo seu espaço’.

A companhia responsável pelo transporte metropolitano da cidade de Nova York já tomou medida similar em 2014 espalhando cartazes com a frase: “Cara…pare de abrir as pernas, por favor“.


* Imagens: Reprodução

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Gil do Vigor ganha camisa e homenagem do Sport após ataques homofóbicos