Inovação

O pincel com mais de 100 anos de Edvard Munch vai estar disponível no Photoshop pra inspirar outros artistas

20 • 06 • 2017 às 07:09 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Pintar como um mestre feito o norueguês Edvard Munch definitivamente não é uma tarefa simples – talvez não seja sequer uma tarefa possível. Mas se alcançar o talento de um gênio da pintura é quase como uma meta inalcançável, tornou-se ao menos possível pintar com os pinceis que Munch usava – não literalmente, é evidente, mas como uma das maravilhas que o universo digital nos proporciona.

Mais de 70 anos após a morte do pintor, seus pincéis foram digitalizados e transformados em pincéis virtuais para o Photoshop.

Os pinceis foram fotografados em 360º com câmeras de ultra alta resolução, capazes de capturar cada detalhe, forma, atributos e irregularidades, e transformar em uma versão digital impecável.

Através de tal processo, diretamente dos cofres do Museu de Oslo, com mais de 100 anos os pinceis de Munch foram disponibilizados para serem baixados e instalados no Photoshop, e utilizados como se segurássemos a história da pintura nas mãos: digitalmente, os pinceis que pintaram, por exemplo, o famoso quadro O Grito, estarão em seu computador.

O Grito

E melhor: o download é de graça. Junto com o lançamento, a Adobe criou uma competição para divulgar o download e incentivar seu uso, premiando quem fizer a melhor versão digital d’O Grito.

O vencedor ganhará 6 mil euros, e terá seu trabalho exposto no Museu de Oslo – junto com diversos originais de Munch.

Edvard Munch

Se tornar-se um mestre da pintura segue um sonho, aproximar-se de um – e até utilizar suas ferramentas e dividir com ele um museu – pode estar à distância de um download.

© fotos: reprodução

Publicidade

Canais Especiais Hypeness