Inovação

Um fóssil de dinossauro com mais de 100 mil anos foi descoberto em uma mina no Canadá

Redação Hypeness - 12/06/2017 | Atualizada em - 10/07/2017

Em 2011, Shawn Funk trabalhava como operador de um equipamento de escavação em uma mina em Alberta, no Canadá. O dia seria apenas mais um de sua carreira se ele não tivesse encontrado por acaso com algo mais duro do que as pedras: um fóssil de dinossauro com cerca de 110 mil anos.

A descoberta do animal fez com que se desse início às escavações na área. Diferentemente da maioria dos fósseis encontrado até hoje, que não passam de ossos ou dentes, neste caso o dinossauro havia sido fossilizado inteiro, segundo revelaram pesquisadores à National Geographic. A edição de junho de 2017 da revista relata a descoberta deste dinossauro conhecido como “nodossauro”.

Estima-se que o animal tenha pesado mais de 1.300 kg e tivesse um comprimento de mais de 5 metros. O nodossauro estava fossilizado do focinho aos quadris de maneira perfeita: é quase como olhar uma escultura de um dinossauro. A diferença é que ele é real.

O fóssil do animal, assim como os de outros dinossauros, pode ser visto por quem visitar o museu canadense Royal Tyrrell durante a exposição Grounds for Discovery. A mostra teve início em maio deste ano e está atraindo pessoas de todas as idades interessadas nestes lagartos gigantes.

Um vídeo publicado pela National Geographic (em inglês) mostra mais dessa descoberta:

Foto destaque © Robert Clark/National Geographic

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.