Debate

Empreendedora lança hashtag pra mostrar como as mulheres ouvem comentários sobre o corpo desde cedo

Mari Dutra - 25/07/2017

Qualquer mulher já ouviu algum comentário sobre o seu corpo. Pode ser simplesmente alguém sugerindo que ela ganhou alguns quilos a mais, elogiando a perda de peso ou reclamando sobre alguma característica específica, como estrias, celulites ou sua cor. O fato é que ninguém parece estar imune a estes julgamentos.

Para convidar a uma discussão sobre o assunto, a empreendedora Sally Bergesen, fundadora da marca de roupas esportivas Oiselle, decidiu contar uma de suas memórias de infância através do Twitter. Publicado no dia 25 de maio, o tweet se tornou viral e atraiu uma avalanche de depoimentos similares mostrando o quanto as mulheres estão expostas a comentários sobre seus corpos desde muito cedo.


“Continue comendo assim e você vai virar uma balofa.” Meu pai, quando eu tinha 12 anos. Por favor, RT e compartilhem uma história de body shaming. #ElesDisseram

O tweet de Sally inaugurava a hashtag #TheySaid (#ElesDisseram) que, desde então, já foi utilizada por diversas mulheres que contaram suas histórias para mostrar o quanto a gordofobia e o body shaming podem ser poderosos.

Um estranho aleatório em resposta a uma camiseta de corrida que eu estava usando: “Você deve ter caminhado nessa corrida, certo? Você não parece suficientemente magra para ser uma corredora.

“Você seria tão bonita se perdesse um pouco de peso”, disse minha mãe enquanto eu estava me arrumando para um trabalho. #ElesDisseram

“Você deveria dar um sanduíche para ela” – disse para o meu marido (e para mim) durante uma festa. #ElesDisseram durante o meu #treinamentodemaratona.

“Você realmente deveria parar de comer tanto, você está ficando mais gorda a cada dia”, minha mãe. Eu era um tamanho 38. Há três anos sou anoréxica. #ElesDisseram

“Ela pensa que sabe de tudo só porque tem tetas grandes…” disse o meu padrasto para minha irmã mais nova quando eu tinha apenas 12 anos #elesdisseram

Minha família CONSTANTEMENTE me perguntando “você treina tanto, como pode não ser magra?” Porque esporte determina seu tipo físico, certo? 

“Você seria tão bonita se perdesse peso.” Minha mãe e avó, começando quando eu tinha 8 anos e ainda hoje. 

Após fazer sucesso entre usuários do exterior, as brasileiras também aderiram ao protesto na rede social e contam frases que ouviram sobre seus corpos.

Fotos: Reprodução Twitter

Publicidade


Mari Dutra
Criadora do Quase Nômade, contadora de histórias, minimalista e confusa por natureza, com os dois pés (e um pet) no mundo. Chega mais perto no Instagram.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
SP paralisa produção de vacinas contra covid por falta de insumos