Ciência

Físico cria método para descobrir personagens com mais chances de morrer em Game of Thrones

27 • 07 • 2017 às 13:50
Atualizada em 31 • 07 • 2017 às 12:23
Tuka Pereira
Tuka Pereira Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Quem gosta de Game of Thrones sofre tanto quanto um torcedor de um time de futebol azarado. Quando você acha que finalmente tudo esdtá dando certo e o campeonato está no papo, o time perde. No caso do mundo criado por R. R. Martin, a diferença é que você torce e se apega a um personagem e ele morre. É uma desilusão tremenda.

Pois bem, até mesmo pessoas que supostamente têm coisas bem mais importantes para fazer do que a gente, passam por isso. O pesquisador húngaro Milán Janosov adora a série e notou que, no mundo criado por George R. R. Martin, status social, aliados e interações entre os personagens são fatores fundamentais.

Então ele analisou cerca de 3 mil interações entre mais de 400 personagens e obteve este mapa (clique para ver completo).

De acordo com seus cálculos, ele constatou as chances de mortes de muitos personagens, entres eles os seguintes: Daenerys Targaryen possui 91% de chance de morrer margem de erro de 5%, Jaime Lannister possui 67% de chance de morte com margem de erro de 11%, Jon Snow possui 45% de chance de morte com margem de erro de 10% e Brienne possui 81% de chance de morte com margem de erro de 7%.

Será que esse cientista está certo, hein? Você pode ler a tese completa aqui (em inglês).

Publicidade

Todas as fotos: Divulgação