Ciência

Garoto descobre por acaso fóssil de um milhão de anos

por: Redação Hypeness

Quando um fóssil de um milhão de anos é descoberto, isso é sempre motivo de orgulho para a comunidade científica. Recentemente, no entanto, um destes achados foi encontrado por um menino de apenas 9 anos de idade.

Jude Sparks estava passeando com a família na cidade americana de Las Cruces em novembro, quando tropeçou e caiu. Já no chão, ele se deparou com um objeto de formato incomum, semelhante a uma mandíbula.

Na ocasião, os pais do garoto, Michelle e Kyle Sparks, acharam o formato da ossada semelhante ao de um elefante e tiraram uma fotografia para pesquisar mais em casa, mas perceberam que se tratava de outro animal, segundo noticiou o The New York Times. Foi então que os pais resolveram enviar um e-mail ao professor de biologia da universidade do estado do Novo México Peter Houde, que reconheceu o dono da carcaça: um animal que havia sido extinto há muito tempo, o Stegomastodon.

FotosPeter Houde

O Stegomastodon é considerado como um parente distante dos elefantes. De acordo com Houde, o animal ao qual a mandíbula pertencia provavelmente viveu na região há cerca de 1,2 milhões de anos.

Foto © NMSU/Andres Leighton

O vídeo abaixo (em inglês) conta mais detalhes sobre essa história:

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Como os materiais magnéticos podem ajudar a remover o petróleo da água