Debate

ONU pede que mangás com teor pedófilo sejam proibidos no Japão

11 • 07 • 2017 às 05:10
Atualizada em 19 • 07 • 2017 às 14:19
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

A Organização das Nações Unidas (ONU) vem travando uma importante luta contra a pedofilia. Em 2015, Maud de Boer-Buquicchio, relatora especial da ONU para o tráfico de menores e a prostituição e pornografia infantis, teria sugerido a proibição de mangás que envolvam conteúdo sexual representando menores de idade no Japão.

Até o momento, esse tipo de conteúdo não é considerado pela lei japonesa como pedofilia. Desenhistas de mangás e animes do país são contra a lei, por acreditarem que é difícil definir exatamente o que seria pornografia e pedofilia nestes casos.

Foto: Midnight68/Foto destaque: Niabot

No Japão, já são considerados crimes a posse e distribuição de fotos e vídeos sexuais de menores, mas há alguns pontos dúbios em relação à legislação sobre pedofilia. Por exemplo, fotos de crianças de biquíni podem ser comercializadas normalmente e existe até mesmo um enorme mercado de “aluguel de estudantes” para fazer companhia a homens adultos – embora nestes casos a pedofilia não seja explícita, há uma forte insinuação sexual e de prostituição neste tipo de relação. As informações são da AFP.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness