Inovação

Festival de gastronomia nordestina oferece pratos por até R$ 10 em São Paulo

por: Redação Hypeness

Dos famosos acarajé e caldo de mocotó a caldeirada maranhense e sarapatel, sem esquecer do bobó de camarão, da caipiroska de Umbu e do sorvete de cupuaçu com graviola pra fechar: o Festival Gastronômico Nordestino vai oferecer quitutes por até R$10 em São Paulo.

É a segunda edição do evento, promovido pelo Centro de Tradições Nordestinas. Vai rolar aos sábados e domingos, de 12/08 a 03/09, entre meio dia e 22h, lá na sede do CTN, no bairro do Limão, zona norte da capital. A entrada é grátis, e todas as delícias oferecidas nos quiosques custam no máximo 10 reais.

O cardápio inclui pratos típicos dos nove estados do Nordeste. O público vai ser convidado a participar de uma votação para ver quem oferece o melhor sabor e atendimento, além de concorrer a uma viagem para um Eco Resort na Região Metropolitana de São Paulo.

Confira todos os pratos oferecidos, não se avexe e se aprochegue!

Porções – R$10
• Moqueca de Camarão
• Caldeirada Maranhense
• Arrumadinho
• Vatapá
• Escondidinho de Carne Seca
• Paçoca
• Caldo de Mocotó
• Sarapatel
• Bobó de Camarão
• Arroz Carreteiro com Jabá

Quitutes – até R$10
• Quebra-queixo
• Pastel de carne seca
• Acarajé
• Cartola
• Tapioca de carne seca
• Sorvete de Cupuaçu com graviola
• Espeto de carne de sol com queijo coalho
• Capeta de Café
• Capeta Morango do Nordeste
• Caldinho de Feijão
• Caipirinha Cajueiro de Pinga Pitú
• Caipirosca de Umbu

2° Festival Gastronômico Nordestino

De 12 de Agosto a 03 de Setembro
Das 12h às 22h

Centro de Tradições Nordestinas
Rua Jacofér, 615, Bairro do Limão – SP

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Alunos do Ceará usam capacete para criar sensor de movimentos para cegos