Ciência

Neurocientistas anunciam que em 3 anos cérebros congelados poderão ser despertados e transplantados

por: Redação Hypeness

Os avanços na medicina acontecem atualmente de forma tão intensa e apontando para futuros tão absurdamente próximos do que parecia a mais delirante literatura de ficção científica que é difícil hoje de se duvidar de qualquer coisa. E se alguém vem de fato tentando fazer a medicina avançar na direção desse louco futuro é o neurocirurgião e professor Sergio Canavero, diretor do Grupo Avançado de Neuromodulação de Turim.

Depois de anunciar, quatro anos atrás, que tentaria realizar o primeiro transplante de uma cabeça humana – e de confirmar recentemente que realizaria o procedimento nos próximos meses, a China -, Canavero afirmou que, assim que o transplante de cabeça for realizado, o próximo passo será tentar “despertar” uma cabeça congelada em criogenia.

 

O projeto é um dos mais ambiciosos possíveis, e parece se localizar na fronteira entre o delírio e a revolução: retirar o cérebro de uma cabeça congelada em -196 graus e submergida em nitrogênio líquido, coloca-lo em um novo corpo e trazer o cérebro morto de volta à vida – e, como se não bastasse, poder esclarecer possivelmente a maior dúvida da humanidade: o que acontece depois que morremos? Algo acontece? Canavero garante que o procedimento pode acontecer nos próximos 3 anos.

A comunidade científica é absolutamente cética sobre tais promessas, sem que jamais nada próximo tenha sido alcançado, e lembrando que danos aparentemente irreversíveis acontecem ao cérebro quando congelado – para não falar sobre possíveis traumas, doenças mentais e outros problemas que a pessoa “ressuscitada” pode atravessar. No mundo atual, porém, muita coisa que era impossível enfim aconteceu.

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Caminhadas nos tornam mais felizes e inteligentes, diz neurocientista