Inspiração

O ódio não vencerá: mensagem de esperança de Obama bate recorde de curtidas no Twitter

por: Mari Dutra

Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, pela sua origem ou pela sua religião. As pessoas precisam aprender a odiar e se elas podem aprender a odiar, então elas podem ser ensinadas a amar, porque o amor nasce mais naturalmente no coração humano do que o seu oposto“.

De autoria de Nelson Mandela, a frase foi relembrada pelo ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama através do Twitter neste sábado, 12. Separada em três tweets diferentes, a mensagem bateu recorde de curtidas na rede social. Até o momento de publicação deste post, o primeiro tweet do ex-presidente já havia sido curtido por 3,6 milhões de pessoas.

A publicação foi acompanhada da foto de Obama cumprimentando três crianças. A frase faz alusão aos ataques racistas ocorridos em Charlottesville, na Virgínia (EUA), que já vitimaram três pessoas – e geraram diversas reações online contra a intolerância, como falamos aqui e aqui.

Antes da publicação de Barack Obama, o recorde de tweet mais curtido da rede social pertencia à cantora Ariana Grande. Ela havia publicado uma mensagem curta após o atendado ocorrido durante seu show em Manchester, Reino Unido, em maio deste ano.

Publicidade

Fotos: Reprodução Twitter


Mari Dutra
Criadora do Quase Nômade, contadora de histórias, minimalista e confusa por natureza, com os dois pés (e um pet) no mundo. Chega mais perto no Instagram.


X
Próxima notícia Hypeness:
Homem trans dá à luz em parto na água e fotos emocionam: ‘Poderoso e orgulhoso’