Inspiração

As mulheres indianas que estão corrigindo os preconceitos de gênero na Wikipédia página por página

por: Mari Dutra

Quando buscamos por algum assunto na internet, a Wikipedia é geralmente um dos primeiros resultados a aparecer. Com isso, o que está escrito no site influencia a maneira como a sociedade vê o mundo e se informa sobre diversos aspectos.

Apesar disso, uma pesquisa de 2011 mostra que apenas 9% dos editores da Wikipedia são mulheres – na Índia, esse número baixa para somente 3%. Outro estudo aponta que um dos maiores entraves para o crescimento da participação feminina na plataforma é a falta de confiança das mulheres em seu próprio conhecimento.

Porém, um grupo de mulheres indianas está tentando mudar esse cenário, para incluir mais artigos sobre mulheres de destaque no campo das artes, ciências e política. As responsáveis por isso pertencem ao grupo Feminism in India, que tem organizado maratonas de edição do site para corrigir a desigualdade de gênero em sua cobertura.

Em setembro, a edição coletiva contou com a participação de 17 pessoas, a maioria das quais mulheres. O foco foi em aumentar as páginas dedicadas a artistas indianas contemporâneas. Ao todo, mais de 80 artigos já foram criados pelo grupo. Na última edição, realizada em 16 de setembro, a maratona escreveu sobre 18 mulheres indianas, criando 14 novos artigos e editando outros quatro existentes.

Veja mais sobre a ação no vídeo abaixo:

Publicidade

Todas as fotos: Reprodução Twitter


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Escolas ao ar livre criadas para combater a tuberculose no início do século 20