Ciência

Exploradores encontram iceberg de cabeça pra baixo, e ele é de um azul luminescente raríssimo

por: Redação Hypeness

É comum ter a impressão de que só estamos vendo “a ponta do iceberg” de alguma história. Tal expressão não é popular por acaso: não só a vida é cheia de situações das quais só conseguimos perceber a superfície, como em sua afirmação literal a frase não poderia ser mais precisa, afinal, a parte exposta de um iceberg representa de modo geral somente 10% da totalidade do bloco de gelo navegante.

O designer e cineasta americano Alex Cornell vivenciou, porém, um fenômeno raro: ele registrou justamente um iceberg que havia virado de cabeça pra baixo, e estava com seu fundo exposto – ele conseguiu enxergar além da ponta do iceberg, e o resultado é de uma beleza incrível e azul.

Como, enquanto boia, o iceberg lentamente derrete, é inevitável que em algum momento ele vire de cabeça para baixo. A cor branca usual da parte exposta dos icebergs ocorre por conta das bolhas de ar presas na parte de dentro do bloco de gelo. O denso azul do iceberg indica justamente o contrário: a pressão faz com que quase não exista ar em sua parte interna.

 

O iceberg foi visto em uma viagem feita por Cornell para a Antártica no final de 2014 e, segundo o artista, a aparição parecia mais com “um artefato galáctico do que com algo terrestre”.

O azul escuro, quase negro, que se revelou quando o iceberg virou realmente traz a impressão de se tratar de uma pedra preciosa – algo de outro planeta e de beleza inestimável, normalmente escondida debaixo da água.

 

 

Publicidade

© fotos: Alex Cornell


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
25 fotos de novas espécies descobertas pelos cientistas em 2019