Futuro

Impressora 3D começa a ajudar a corrigir deformações cranianas em crianças

por: Redação Hypeness

A encefalocele é uma rara e brutal doença, que acomete uma em cada 40 mil crianças nascidas, e que provoca uma má formação craniana, deixando exposta parte do cérebro, suscetível a traumas e infecções. A gravidade da doença é proporcional à complexidade da cirurgia e do processo de recuperação. Uma criança angolana nascida com a doença foi enviada ao Brasil para que pudesse se tratar – e os médicos brasileiros decidiram realizar o planejamento cirúrgico utilizando biomodelos impressos em 3D.

 

Os biomodelos são impressos pela 3D Stratasys J750, uma super impressora colorida e incrivelmente precisa, capaz de imprimir virtualmente qualquer coisa, que, a partir de exames da paciente, pôde recriar fielmente e com riqueza de detalhes o próprio crânio a ser operado. Assim, os procedimentos puderam ser testados diversas vezes no biomodelo em detalhes, prevendo dessa forma complicações e dificuldades específicas do caso em questão.

Assim, não só a cirurgia da angolana foi bem sucedida, como sua recuperação tornou-se mais rápida e eficiente, por conta de um tempo cirúrgico menor, reduzindo assim as possibilidades de infecções.

A impressora 3D

O custo do procedimento, e principalmente o risco corrido pela paciente foram reduzidos drasticamente por conta da impressora e da tecnologia em 3D, afirmando-se em um perfeito exemplo de como a tecnologia bem aplicada pode melhorar e salvar vidas.

Uma mão e um fígado impressos 

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Barbie fotojornalista da National Geographic encoraja meninas a sonhar mais alto