Debate

Campanha critica evolução humana comparando avanços tecnológicos a crimes bárbaros

por: Mari Dutra

O mundo parece estar evoluindo tão rápido que é difícil acompanhar todas as novas tecnologias. Apesar dos carros que dirigem sozinhos e robôs capazes de realizar cirurgias, uma escola de Fortaleza mostra que o ser humano ainda tem muito a evoluir.

Uma campanha criada pelo Colégio Provecto coloca lado a lado avanços tecnológicos e notícias de crimes bárbaros ocorridos em 2017. Ao todo, seis outdoors foram espalhados pela cidade, questionando o nível de evolução da humanidade – e alguns vídeos da campanha foram divulgados pela página do Facebook da escola.

De acordo com a Tribuna do Ceará, o colégio também está realizando diversas atividades voltadas à prevenção da violência. Conversas com especialistas em educação também estão sendo programadas para aumentar o impacto das ações e tanto estudantes quanto pais serão convidados a participar do debate.

Publicidade

Todas as imagens: Divulgação


Mari Dutra
Criadora do Quase Nômade, contadora de histórias, minimalista e confusa por natureza, com os dois pés (e um pet) no mundo. Chega mais perto no Instagram.


X
Próxima notícia Hypeness:
Com uma nota de 100 dólares, o que você compra no mercado? Experimento social responde a tal pergunta