Fotografia

De NY ao Senegal, conheça algumas das quadras de basquete mais insanas do planeta

Redação Hypeness - 16/10/2017

O fotógrafo francês Kevin Couliau é fã de basquete desde a infância, e não apenas dos jogos entre grandes estrelas que atraem milhões de espectadores, mas da essência do esporte. Desde 2004, enquanto viaja para produzir diferentes projetos, ele aproveita para procurar locais onde o espírito do jogo se traduz em imagens.

Em 2012, ele lançou o documentário Doin’ It In The Park, que retrata a história, a cultura e a importância social do basquete nas ruas de Nova York, e mantém um projeto chamado Asphalt Chronicles, que é tanto uma revista quanto um perfil no Instagram.

Kevin fez duas viagens dedicadas a retratar o impacto do basquete em comunidades locais: foi a Manila, capital das Filipinas, onde mais percebeu paixão do povo pela modalidade e onde diz haver aros de basquete espalhados em algumas ruas com poucos metros de distância, e a Kébémer, no Senegal, para conhecer o projeto de Gorgui Dieng, jogador profissional da NBA que reformou as quadras em que jogava quando criança.

Em setembro, uma galeria de Paris exibiu uma mostra com 50 de suas imagens mais impactantes de quadras de rua pelo mundo. A Vice França pediu que Kevin escolhesse algumas das fotografias das quais ele mais gostava, e ele selecionou nove, explicando o porquê de gostar tanto de cada uma.

Grupo de jovens que estava jogando em quadra do bairro Washington Park, em Chicago, posou para as lentes de Kevin. “Jogadores em Nova York e Chicago sempre parecem naturais na frente de uma câmera”, diz.

Para o fotógrafo, nenhum lugar parece tão apaixonado pelo basquete quanto Manila, capital das Filipinas. Garotos usam pedras para delimitar as quadras em torno de cestas distribuídas pelas ruas.

Gorgui Dieng, jogador senegalês que atua na NBA, tem reformado quadras de sua cidade natal, Kébémer, onde ele começou a jogar. Na foto, Adama Samb, primo de Dieng.

Esta quadra em Paris marcou a relação de Kevin com o basquete. O local foi demolido há pouco tempo e transformado em um estádio poliesportivo. “Na minha opinião, esta foi a quadra mais bonita de Paris”, comenta o fotógrafo.

Foto tirada no Clybourn Park, em Chicago. Essa quadra foi cenário do filme Hoop Dreams, ou Basquete Blues, na versão em português.

Esta quadra no Brooklyn, em Nova York, era uma das mais populares na década de 1980, mas foi deixada de lado, preterida por outras mais novas. Kevin acha a imagem “poética, porque no basquete os jogadores dominam o ar com a mesma facilidade que esses pombos”.

Kevin ama a arquitetura, as cores e a limpeza das quadras em Hong Kong, como essa, localizada no topo de um estacionamento.

Essa quadra fica em uma escola norte-americana em Kampala, capital de Uganda, que tem um programa para estimular o desenvolvimento de grandes jogadores de basquete na África.

Essa quadra, em Nova Jersey, é o cenário da abertura do documentário Doin’ It In The Park, que mostra o nascer do sol em Manhattan. Bobbito Garcia, co-diretor do filme, fez alguns arremessos enquanto Kevin preparava o material para filmar.

Leia também: As histórias reais ou imaginadas por trás dessas quadras de basquete abandonadas

Publicidade

Fotos © Kevin Couliau


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.