Sustentabilidade

O ar condicionado indiano que além de lindo não precisa de energia para funcionar

por: Mari Dutra

Quem vive em regiões quentes sabe que não é nada fácil aguentar a temperatura elevada. Mesmo assim, manter o ar condicionado sempre ligado não é uma solução ecológica e não ajuda a resfriar ambientes externos – a não ser que você tenha um sistema de resfriamento como este.

O ar condicionado ecológico criado pela indiana Ant Studio é a solução perfeita para enfrentar o verão gastando muito pouca (ou nenhuma) energia elétrica. O sistema foi construído para a fábrica da DEKI Electronics, em Uttar Pradesh, unindo sustentabilidade e um toque artístico ao ambiente.

Com formato de colmeia, o sistema é feito com tubos de argila sobrepostos e funciona em ambientes externos. Apesar do toque rústico, foram necessárias análises computacionais avançadas para desenvolver a técnica de resfriamento. Ele funciona de maneira bastante simples: quando um pouco de água é despejado na estrutura, a evaporação faz com que a temperatura do ar diminua. Esse processo é repetido apenas uma ou duas vezes ao dia e requer pouca energia para funcionar.

O equipamento também pode ser usado sem o uso de eletricidade. Para isso, no entanto, é necessário despejar a água no local manualmente, o que os designers indicam “não ser uma solução ideal”. Em um teste, a temperatura baixou de 50°C para 42°C após o resfriamento usando a técnica.

Leia também sobre este ar condicionado improvisado, que pode ser feito em casa e não consome energia.

Publicidade

Todas as fotos: Reprodução Ant Studio


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Universidade de Londres proíbe venda de carne bovina aos estudantes