Design

Quando Starbucks, Moleskine e Pantone se unem para criar os mais lindos cadernos

30 • 10 • 2017 às 09:07
Atualizada em 30 • 10 • 2017 às 09:08
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

O mundo pode ser divido entre os que não se importam com cadernos, que veem tais objetos como somente um punhado de páginas reunidas para eventuais anotações, e outros que nutrem verdadeira obsessão por cadernos, comprando anualmente os mais diversos, organizando-os em temas e funções como partes vitais da organização geral da vida. Para o segundo grupo, um complô reunindo a Moleskine, Pantone e o Starbucks lançou uma irresistível coleção de planners que fará com que alguns desses maníacos pensem em cruzar o mundo para adquiri-la.

Sim, pois a única má noticia a respeito da lindíssima coleção 2018 de cadernos Moleskine + Starbucks (decorada em elegantes tons pasteis oferecidos pela Pantone) é que ela está sendo lançada nas cafeterias da Coréia do Sul. São cinco modelos diferentes de organizadores, batizados sugestivamente como Blooming Petal (pétala florescendo) para a cor rosa, sunset blush (rubor do por do sol) para a cor magenta e mystic cloud (nuvem mística) para o azul, entre outras.

Todo ano a Starbucks reúne-se com a Moleskine para lançar novos cadernos, e não só na Coréia do Sul: a coleção de Singapura, por exemplo, o estilo é diferente, trazendo estampas geométricas, cores vibrantes e até capas em tecido.

Enquanto tais produtos não chegam no Brasil, para os loucos por cadernos esse pode ser um bom motivo secreto para viajar ao outro lado do mundo – podemos começar comprando um caderno para planejar tal viagem.

Publicidade

© fotos: divulgação


Canais Especiais Hypeness