Debate

Real oficial: São Paulo está entre as cidades mais estressantes do mundo para viver

por: Redação Hypeness

Morador de São Paulo, se prepare para ler uma informação chocante: a cidade está entre as mais estressantes do mundo. É, não foi nenhuma surpresa, né?

Mas agora a sensação de que a capital paulista é uma fábrica de neuroses é corroborada por um ranking internacional. E o Rio de Janeiro também aparece na lista.

Zipjet é uma empresa britânica que recolhe roupas sujas em casa e as devolve lavadas e passadas. Como o objetivo é reduzir o stress na vida dos clientes, eles decidiram elaborar um ranking para conferir quais as cidades menos e mais estressantes do mundo.

Entre 150 cidades escolhidas, São Paulo aparece como a 14ª mais estressante, e o Rio de Janeiro como a 31ª. Como a empresa chegou à lista de 150 cidades não está claro na página do estudo, mas os critérios estão bem explicados.

São 16 quesitos divididos entre quatro categorias: Cidade (Densidade Demográfica, Espaços Verdes, Transporte Público, Trânsito, Sensação de Segurança e Horas de Sol Anuais), Poluição (Poluição do Ar, Poluição Sonora e Poluição Luminosa), Finanças (Desemprego, Endividamento per capta, Segurança Social e Poder de Compra Familiar) e Pessoas (Saúde Mental, Saúde Física, Equidade de Gênero e Equidade Racial).

Entre as 10 cidades menos estressantes do mundo, só uma fica fora da Europa: Sydney, na Austrália, é a 8ª na lista. Stuttgart, na Alemanha, é considerada a cidade menos estressante do planeta, e outras 3 conterrâneas a acompanham no top 10: Hannover, 3ª, Munique, 5ª, e Hamburgo, 10ª.

Na outra ponta da lista, Bagdá, capital do Iraque, é apontada como a cidade mais estressante para se viver, seguida por Cabul, no Afeganistão, e Lagos, na Nigéria. Caracas, capital venezuelana, é a cidade mais estressante da América do Sul, ocupando a 11ª posição geral.

Na página do ranking, é possível ordenar a lista por quesitos. Assim, podemos ver que Singapura e Taipé (Taiwan) são as cidades com cidadãos mais satisfeitos em relação ao transporte público. Leipzig (Alemanha) e Montpellier (França) têm os menores índices de congestionamento no trânsito, e Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos) e Osaka são as cidades cujos habitantes se sentem mais seguros.

Abidjan, na Costa do Marfim, tem o menor índice de poluição sonora, enquanto Reykjavik, capital da Islândia, é a cidade com melhores níveis de Saúde Física entre seus habitantes. São Francisco, Boston e Seattle, todas nos EUA, lideram os índices de Equidade Racial.

Cidades menos estressantes do mundo:

  1. Stuttgart, Alemanha
  2. Luxemburgo, Luxemburgo
  3. Hannover, Alemanha
  4. Bern, Suíça
  5. Munique, Alemanha
  6. Bordeaux, França
  7. Edimburgo, Reino Unido
  8. Sydney, Austrália
  9. Hamburgo, Alemanha
  10. Graz, Áustria
  11. Zurique, Suíça
  12. Seattle, EUA
  13. Wellington, Nova Zelândia
  14. Nice, França
  15. Dresden, Alemanha

Cidades mais estressantes do mundo:

  1. Bagdá, Iraque
  2. Cabul, Afeganistão
  3. Lagos, Nigéria
  4. Cairo, Egito
  5. Teerã, Irã
  6. Daca, Bangladesh
  7. Carachi, Paquistão
  8. Nova Deli, Índia
  9. Manila, Filipinas
  10. Damasco, Síria
  11. Caracas, Venezuela
  12. Bombaim, Índia
  13. Iaundé, Camarões
  14. São Paulo, Brasil
  15. Johanesburgo, África do Sul

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Carrefour: fiscal que impediu filmagem de espancamento que matou Beto Freitas é presa