Inspiração

25 anos depois, mãe ganha do filho festa de casamento que sempre sonhou

por: João Vieira

Publicidade Anuncie

A Vana e o José Airton se casaram há 25 anos. Só que, na época, os dois estavam meio sem dinheiro e não deu pra fazer a festa que a noiva tanto sonhava.

O José Airton e a Vana. (Foto: Facebook/Reprodução)

A vida se desenvolveu e eles tiveram Diogo, filho do casal que ouviu várias vezes da mãe o quanto ela queria ter celebrado a união com o José.

Esse é o Diogo. (Foto: Facebook/Reprodução)

Diogo cresceu, começou a ganhar uns trocados e se juntou com o pai para finalmente conseguir realizar esse desejo histórico da Vana.

A história foi publicada pelo BuzzFeed.

Tudo foi organizando de forma simples e precisa. A festa tinha que ser na cidade onde a avó de Diogo vive, a 170 km de Ponta Grossa, no Paraná, município onde ele mora.

Para conseguir formar algo de respeito, o rapaz contou com a ajuda de amigos. “Contei para meus dois melhores amigos e eles, como sempre, prontamente toparam entrar nessa aventura comigo. Viajamos para a casa da minha avó, para ver onde ficaria cada coisa; fizemos mil listas; ligamos para mil lugares; entrávamos na previsão do tempo todos os dias”, disse ele ao BuzzFeed.

Diogo Teixeira é fotógrafo e convenceu a mãe de que queria fazer um ensaio de casamento dela e do pai para celebrar os 25 anos de união.

Vana foi enganada, mas por uma boa causa. (Foto: Diogo Teixeira)

Assim, Vana não suspeitou de nada e foi surpreendida na hora que chegou no local.

“Quando minha mãe chegou, fomos a levando até onde todos estavam em silêncio. Quando tirei a venda dos olhos dela, dona Vana titubeou com as pernas, amoleceu… Chorou, riu e agradeceu“, contou ele.

Ela amou a surpresa. (Foto: Diogo Teixeira)

A festa foi um sucesso, todo mundo comeu, bebeu e celebrou o momento e o relato foi publicado pelo Diogo no Facebook dele. O texto completo está no pé da nota, logo abaixo das fotos, que são de autoria dele.


 

 

 

Publicidade Anuncie


João Vieira
Com seis anos de jornalismo, João Vieira acredita na profissão como uma ótima oportunidade de contar histórias. Entrou nessa brincadeira para dar visibilidade ao povo negro e qualquer outro que represente a democracia nos espaços de poder. Mas é importante ressaltar que tem paixão semelhante pela fofoca e entretenimento do mais baixo clero popular.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Palestrante em Universidade de NY, Alline Parreira dá aula para racistas de plantão