Sustentabilidade

Alunas da UFRGS criam calcinha sustentável e antibacteriana que absorve fluxo menstrual

por: Redação Hypeness

Se a gente pudesse listar as coisas menos sustentáveis da vida de uma mulher, certamente menstruar estaria entre elas. Afinal, absorventes comuns não são recicláveis. Embora já existam algumas alternativas nesse sentido, como o uso de coletores menstruais ou absorventes de pano reutilizáveis, há quem não se adapte a estes métodos e procure outras opções para ter um período menstrual com menos geração de lixo.

Recentemente, três estudantes gaúchas criaram uma alternativa que tem tudo para cair no gosto das brasileiras. São as calcinhas para menstruação da marca Herself. O produto é feito com tecido que absorve o fluxo. Depois de usada, basta lavar a calcinha e usá-la novamente.

As responsáveis pela inovação são Raíssa Kist, de 23 anos, e Nicole Zagonel e Francieli Bittencourt, de 25, alunas de engenharia química na Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS.

Elas se inspiraram em produtos semelhantes vendidos no exterior para criar uma versão nacional das calcinhas sustentáveis.

Para evitar vazamentos, a calcinha é produzida com três camadas de tecidos antimicrobianos e impermeáveis. Elas estão disponíveis em dois modelos: Ceci, para fluxos fracos; e Frida, para fluxos intensos.


Em 2016, o projeto foi financiado coletivamente através da plataforma Catarse. Hoje, as calcinhas são comercializadas pelo mesmo site, por R$ 75 (uma peça) ou R$ 225 (três peças) – os custos de entrega variam entre R$ 14 e R$ 40, dependendo da região do Brasil para onde as peças serão enviadas.

Espia só que bacana o vídeo que elas fizeram sobre a iniciativa:

Publicidade

Todas as fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Reciclagem circular: máquina permite que indústria têxtil utilize roupas velhas como matéria prima para novas