Debate

Ato sobre saúde e sexualidade feminina e LGBT é atacado em universidade no Paraná

João Vieira - 09/11/2017 | Atualizada em - 13/11/2017

Integrantes do Centro Acadêmico Sete de Março, órgão estudantil da Universidade Estadual de Londrina, no Paraná, denunciaram um ato de intolerância cometido durante a 3ª Semana Cultural do Curso de Direito da UEL, nesta terça-feira (7).

De acordo com o órgão, o ato aconteceu após a “Oficina de Siririca”, que discutia saúde e sexualidade feminina, na noite de segunda-feira (6).

Uma cortina feita com tecido TNT foi exposta representando as cores do movimento LGBT logo após o fim da sessão. Na manhã de terça (7), ela havia sumido.

Bandeira feita com TNT representava movimento LGBT. (Foto: Reprodução)

“O Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA) amanheceria colorido, com uma bandeira que representa a diversidade humana, o pluralismo existente em nossa sociedade. Infelizmente, alguns preferem o cinza, e as faixas coloridas foram tiradas sem nenhuma explicação. Uma simples intervenção causa incômodo, no mesmo país que mais mata LGBTs no mundo todo“, diz uma nota divulgada no Facebook do coletivo.

Universidade Estadual de Londrina, no Paraná. (Foto: Divulgação)

Eles afirmam que não é a primeira vez que isso acontece. “Não é o primeiro ataque que o evento sofre em apenas dois dias, mas estamos aqui para dizer que não nos calarão! Não vão calar as discussões necessárias! Não irão ofender a liberdade sem que nada aconteça!”.

A terça-feira (7) foi reservada para debates sobre questões LGBT. Por isso, uma nova bandeira foi exposta no mesmo local. A Universidade Estadual de Londrina não se manifestou sobre o ocorrido.

Publicidade


João Vieira
Com seis anos de jornalismo, João Vieira acredita na profissão como uma ótima oportunidade de contar histórias. Entrou nessa brincadeira para dar visibilidade ao povo negro e qualquer outro que represente a democracia nos espaços de poder. Mas é importante ressaltar que tem paixão semelhante pela fofoca e entretenimento do mais baixo clero popular.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Casal morto vítima de vazamento de gás no Leblon tinha acabado de se conhecer