Inspiração

Bailarina brasileira que vendeu brigadeiro no trem para estudar nos EUA volta para agradecer ajuda

por: Tuka Pereira

Amanda Mattos, de 20 anos, passou no curso de verão na Central Florida Ballet, nos Estados Unidos em agosto de 2016.

No entanto, como não tinha dinheiro para realizar o sonho de estudar na instituição americana, vendeu brigadeiros nos trens do Rio de Janeiro juntando mais de 2 mil reais, além de uma vaquinha virtual, que rendeu 7 mil reais, o que possibilitou sua ida ao país americano para fazer o curso.

Ela deu seus primeiros passos em cima ada sapatilha ainda criança. Aos seis anos, dançava em um projeto social sediado no Cosmorama, bairro onde vive com a família. Ingressou no Ballet em uma escola pública de artes de Nilópolis e, sempre como bolsista, passou por algumas academias privadas.

Propostas de cursos em outros países sempre aconteceram, mas como sua família nunca teve condições de bancar, isso sempre lhe pareceu algo muito distante de sua realidade.

Com a oportunidade da Central Florida Ballet ela resolveu arriscar e deu certo. Pessoas que jamais tinha visto em sua vida tornaram possível sua permanência nos EUA e, por dois meses, ela estudou diversos tipos de danças, do balé ao hip hop.

Agora, como forma de agradecimento, nesta semana a bailarina vai dançar na Central do Brasil para os passageiros que a ajudaram comprando seus doces.

Acompanhada de 20 integrantes do grupo Favela em Dança, ela se apresentará ao som de músicas que tratam questões relacionadas ao espírito guerreiro do brasileiro, como “Meu nome é favela” (Arlindo Cruz), “Êta povo pra lutar” (Zeca Pagodinho), “Pesadão” (Isa) e “Lado A e Lado B” (O Rappa).

Publicidade

Imagens: Reprodução


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Aprenda a fazer iogurte natural caseiro, saudável e bem cremoso