Debate

Cansada de ser assediada pelo mesmo homem ela decidiu gravar um vídeo que viralizou

por: Tuka Pereira

Uma mulher não identificada moradora da cidade de Kallangur, na Austrália, vinha sendo assediada pelo mesmo homem há meses. Incomodada com a situação ela decidiu fazer algo a respeito e registrar o assediador em ação.

Sabendo que o encontraria em suas caminhadas pelo bairro, ela saiu de casa preparada com sua câmera em mãos.

Como o esperado, o homem não demorara a aparecer e logo começa a lhe dizer palavras grosseiras: “Bom par de seios que você tem”, fala para a jovem do nada.

Com isso ela se vira e diz ao homem que está gravando tudo o que ele está dizendo. De repente ele tenta agir como se estivesse no meio de uma conversa normal. Agindo como se nada tivesse acontecido.  “Como você está?” ele pergunta. “Tudo bem? Seu marido está na esquina, não é ele?”.

Quando a mulher reafirma que o gravou falando sobre seus seios e que levará o vídeo à polícia ele se desculpa e vai embora.

Mais tarde, o marido da jovem publicou o vídeo na internet junto a um texto irritado explicando a situação:

Este homem vem assediando minha esposa há meses dizendo coisas inapropriadas e sexistas toda vez que ele a encontra na rua. Finalmente ela conseguiu filmá-lo. Estou expondo isso aqui para o caso de que, se alguma outra mulher também tiver tido problemas com este homem, vá a polícia e o denuncie. Por favor, não o ameace, não se aproxime, só queremos fazer com que ele pare.”, escreveu.

Publicidade

Imagens: Reprodução


Tuka Pereira
Jornalista há mais de uma década e 'escrevinhadora' há muito mais tempo, Tuka Pereira aborda feminismo a gatinhos fofos com a mesma empolgação. Se existe algo que gosta mais do que escrever é carimbar o passaporte. Já esteve em boa parte do mundo e todo dinheiro que ganha gasta em viagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Estrela de comerciais por 14 anos, homem Marlboro morre sem nunca ter fumado