Ciência

Ciência explica porque você se sente tão bem ao cancelar compromissos

por: Vitor Paiva

Publicidade Anuncie

Em uma vida tão atribulada e sem tempo livre como a que normalmente vivemos hoje em dia, cancelar um compromisso costuma nos trazer um prazer verdadeiramente intenso. Assim como as férias nos trazem minimamente a recarga de energia para que seja possível retomarmos e suportarmos a obrigação de trabalhar, um compromisso desmarcado é como uma mini férias no meio de um dia. Uma neurologista explicou esse sentimento que todos sentimos, como se deixar um compromisso fizesse de fato bem para nossa saúde – e talvez realmente faça.

 

E os motivos são tão simples quanto importantes para nosso bem estar. Segundo a neurologista e especialista em relacionamentos Amy Banks, são algumas as razões para tamanho prazer. Primeiro, o próprio espaço de folga, que nos livra a cabeça e descansa, mesmo que somente por algumas horas, o corpo. A certeza de que o tempo livre é realmente fundamental para nossa saúde é sublinhada quando deixamos de ter um compromisso.

 

Muitos compromissos são marcados com pessoas com as quais não sentimos afeto especial ou admiração – e ter de encontrar tais pessoas costuma ser especialmente estressante. O alívio ao desmarcar o encontro também vem disso, segundo a pesquisa de Amy. Deixar de ter de cumprir o esforço de passar algumas horas com estranhos é um alívio imediato.

 

Encontros entre pessoas que não se admiram ou possuem afetos mútuos são especialmente estressantes

É claro que a mera ansiedade social de ter de cumprir expectativas e dar conta de preceitos e demandas possui um papel grande no alívio de deixar momentaneamente tais exigências pra lá. Assim, as explicações podem ser evidentes, mas é bom ver a ciência dando respaldo para aquele sentimento que muitas vezes nos deixa culpados, mas que é deliciosamente inevitável de sentir.

Publicidade Anuncie

© fotos: divulgação/Getty Images


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Novo estudo ‘descobre’ como os ‘chapéus’ das estátuas gigantes da Ilha de Páscoa foram colocados