Fotografia

Do fundo do baú: 10 fotos raras que compravam que Mick Jagger já foi (muito) barbudo

por: Vitor Paiva

Um dos rostos mais filmados e fotografados dos últimos 60 anos, não seria exagero afirmar que parte do enorme sucesso da banda inglesa Rolling Stones, desde 1964 até hoje, se dá para além da música, por conta da sensualidade de seu vocalista, Mick Jagger – e da beleza icônica que seu rosto sempre teve e, de certa forma, ainda tem.

Um elemento banal, porém, praticamente jamais foi visto adornando a face de Jagger: barba.

Durante um ano, no entanto, Jagger deixou sua barba crescer – e não se tratava de uma penugem tímida, mas sim de uma senhora barba.

Muitos de seus pares dos anos 1960 ostentaram belas barbas, como os Beatles e Jim Morrison, mas por motivos que escapam nosso conhecimento, Mick Jagger e seus companheiros de Rolling Stones jamais tiveram uma fase barbuda – a não ser pelo ano entre 1979 e 1980 e alguns outros raros momentos ao longo da década de 1970, aqui retratados, quando Jagger ostentou o que ele próprio batizou como uma barba “russa”.

Ver um dos rostos mais conhecidos de todos os tempos tão modificado pela presença dos pelos é estranho e quase incômodo – não reconhecer Mick Jagger, afinal, é no mínimo bizarro. Há quem ache que o cantor ficou ainda mais bonito em sua fase russa – outros, porém, não gostam nem de olhar para tais fotos. E você? Prefere Jagger com ou sem barba?

Publicidade

© fotos: reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Primeira foto digital de 3.200 megapixels do mundo é captada por pesquisadores