Inspiração

Ludmilla abandona alisamento e adota cabelos crespos: ‘Se não gosta, senta e chora’

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie


Ludmilla está desde abril em busca de resgatar sua identidade perdida pela imposição do preconceito social. A cantora alisa o cabelo com formol desde os 7 anos de idade e está concluindo sua transição capilar neste mês.

No começo do ano, a funkeira, que já foi chamada de macaca pelo apresentador Marcão do Povo, hoje no SBT, publicou um vídeo na web onde anunciava que estava abandonando a química que alisava suas madeixas para assumir sua forma natural. O processo de transição capilar é lento, doloroso e demanda paciência e enfrentamento dos próprios preconceitos enraizados.

Eu fui criada achando que cabelo crespo, cacheado e enrolado era a coisa mais feia do mundo e que aquilo não era normal“, lembrou ela na gravação postada, exemplificando bem o que aparecer em público com os cabelos crespos representa.

A crueldade dos padrões de beleza faz com que a história de Ludmilla seja facilmente identificada por mulheres negras de todas as idades e classes sociais. Capa da revista Cosmopolitan de dezembro, ela aparece com os cachos reluzentes e passa um recado de inspiração para quem está nessa batalha.


Ludmilla aderiu a uma série de técnicas para conseguir ir se aceitando de forma psicologicamente saudável. “Usei mega hair por muito tempo. Quando cortei bem curtinho, meu cabelo estava quebrado e espigado. Foi quando eu comecei a tratar e vi que os cachos podiam ser bonitos”, disse ela em entrevista recente ao Estadão.


O depoimento da Lud para a Cosmopolitan mostra como a falta de diversidade racial nos ambientes coletivos influencia o crescimento psicológico da criança negra. “Quando eu era pequena, estudava em escola particular e todo mundo tinha cabelo liso. O meu era o único cabelo diferente, crespo. E eu, que queria ter o cabelo igual ao delas, ficava passando formol na cabeça”, contou ela.

Agora, a cantora teve seus esforços reconhecidos pelo público, que, através das redes sociais, elogiou a postura de Ludmilla.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Botswana revoga lei colonial que proibia relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo