Debate

Para combater ‘revenge porn’, Facebook quer ver seus nudes antes de você enviá-los

por: Vitor Paiva

Para tentar acabar com a praga da postagem e o compartilhamento de fotos de pessoas nuas sem a autorização da pessoa retratada – como por exemplo os diversos vazamentos de nudes de celebridades – e com vinganças feitas através de tais compartilhamentos, o Facebook irá testar na Austrália um método no mínimo inusitado: a nova ferramenta pede que, antes de enviar ou subir seu nude, você justamente mostre para o próprio Facebook sua foto.

A ideia é que a plataforma possa “marcar” sua foto para combater qualquer compartilhamento futuro.

 

O método, segundo a empresa, é simples: antes de enviar o nude, você sobe a imagem para dentro do Messenger do Facebook, e a marca como uma “imagem íntima não-consensual”.

A partir daí, a rede social irá marcar sua foto e, caso alguém tente compartilha-la pela plataforma ou pelo Instagram, através de um banco de dados com tais “marcas”, ele consegue impedir o compartilhamento e até impor o cancelamento da conta de quem tentou distribuir a imagem.

Segundo a empresa, a foto ficaria armazenada somente por um tempo, e o que permaneceria guardado de fato seria só essas informações que permitiriam o reconhecimento posterior da foto.

O Facebook pretende testar o método em outros países, mas é claro que há um porém essencial: será preciso confiar no próprio Facebook cegamente para que tal processo funcione – sem falar que, diante do upload da imagem, sempre haverá alguém capaz de rastrear a foto ou de contornar o bloqueio – e que o resto da internet seguirá como terra de ninguém.

A solução infalível, pelo visto, segue sendo não enviar nudes pra ninguém – tirar a roupa, só ao vivo, e com o devido consentimento de todos.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Maisa diz que parou de comer carne e dá dicas de filmes relacionados ao vegetarianismo