Ciência

Pesquisadores japoneses descobrem coquetel de remédios que combate Alzheimer

por: Vitor Paiva

Através extensa pesquisa com células-tronco realizada pela Universidade de Kyoto, no Japão, cientistas afirmaram ter encontrado um coquetel que pode ser determinante na procura pela cura do Mal de Alzheimer.

O coquetel combina três medicamentos já existentes e conhecidos, e mostrou um efeito “significativo e potente” que pode ser crucial para o desenvolvimento de novos medicamentos.

Sede da Universidade de Kyoto, no Japão

A pesquisa conseguiu pela primeira vez reduzir a produção das proteínas Beta-amiloide, vista como um dos principais fatores para o desenvolvimento do mal.

Combinando bromocriptina, usado para o tratamento do Mal de Parkinson, com cromoglicato, medicamento contra a asma, e o topiramato, para o tratamento de epilepsia, a redução da produção das Beta-amiloides foi de 30%.

À esquerda, um cérebro afetado pelo Alzheimer, em comparação com um cérebro normal à direita; os pontos brancos são as beta-amiloides

O efeito foi medido em nível celular em laboratório, e a atuação em seres humanos ainda será testada. A combinação surgiu do teste de mais de 1200 drogas, e esses três medicamentos reunidos podem se tornar o primeiro passo para a cura do mais comum tipo de demência do mundo – que assola mais de 46 milhões de pessoas.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Otimistas vivem mais do que pessimistas, aponta pesquisa