Inspiração

Tatuador de Curitiba ajuda detentas a terem novos significados para suas tatuagens

por: Redação Hypeness

Se a permanência que as tatuagens possuem é um dos aspectos mais interessantes dessa arte, como uma maneira profunda de lembrar algo ou alguém, marcar a pele pra sempre com uma lembrança desagradável – e que ainda poderá incitar juízos por parte de outras pessoas – se torna de forma inversamente proporcional um problema.

Foi pensando em ajudar as detentas em regime semiaberto que o tatuador curitibano Matheus Sari dispôs seu talento a fim de refazer tatuagens que não mais as agradem.

Dentro da prisão, as tatuagens podem significar uma espécie de senha ou símbolo para a necessária inserção social. Fora, porém, se tornam muitas vezes lembranças duras, feitas de forma precária, com resultados desagradáveis e como uma memória permanente de uma situação ruim.

Além do mais, se a própria situação de ter estado presa dificulta a reinserção no mercado de trabalho, tais tatuagens prejudicam ainda mais.

Inspirado no projeto polonês Freedom Tattoos, esse foi o caminho encontrado por Matheus para realizar um trabalho comunitário a partir de seu trabalho. Através do Escritório Social do Paraná – órgão de apoio aos egressos do sistema carcerário – as detentas em regime semiaberto podem agendar o horário, e então escolher uma nova tatuagem para transformar aquela página amarga em uma nova página, aberta ao futuro, para ser contornada com boas memórias em suas novas vidas por vir.

Publicidade

© fotos: Jennyfer Loefch/Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Revista publica ensaio para celebrar os 51 anos de Jennifer Aniston e viraliza