Debate

A igreja luterana sueca que evita se referir a Deus no masculino

por: Redação Hypeness

Os países escandinavos estão sempre dando o exemplo quando se trata de igualdade de gênero. Na Igreja Luterana da Suécia, uma nova decisão sugere que seja evitado se referir a deus no masculino.

Aprovada pela maioria dos membros da assembleia da igreja no país, a medida indica que, por se tratar de “uma figura que transcende o humano“, não há motivos para chamar deus de “senhor” ou de “ele”. A igreja pretende adotar uma linguagem mais inclusiva, para “se adaptar aos tempos atuais“, como informa o The Local.

Os pronomes masculinos não estão sendo proibidos, mas a igreja passará a preferir termos neutros para se referir a deus. A decisão foi votada na última quinta-feira, 23, e deverá valor a partir do dia 20 de maio do próximo ano.

Embora o pronome neutro sueco “hen” não apareça nenhuma vez no novo manual da igreja, a indicação é que se use a palavra “deus” sempre que possível, ao invés de palavras como “ele” ou “senhor”. A igreja também passará a se referir ao espírito santo no feminino, assim como ocorre no hebraico e de acordo com uma tradução da Bíblia para o sueco realizada nos anos 2000.

Publicidade

Fotos: Unsplash


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O ‘hambúrguer de laboratório’ tem inúmeros problemas e precisamos falar sobre isso