Futuro

Alguém assistiu ‘O Senhor dos Anéis’ 361 vezes na Netflix neste ano. E não foi o recorde!

por: Redação Hypeness

Se você se considera um cinéfilo, já assistiu diversas vezes seu filme preferido, e costuma se preocupar com o vício em Netflix, prepare-se para se sentir muito melhor e mais equilibrado: a plataforma de vídeo, ao se aproximar do fim do ano, começou a revelar as estatísticas por trás de nossos hábitos audiovisuais – e um usuário canadense chamou atenção por uma obsessão um tanto incrível e particular: ele assistiu, somente em 2017, o filme O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei 361 vezes.

Vale lembrar que o filme tem 3 horas e 20 minutos de duração. Faça as contas.

São mais de 1,155 horas de um mesmo filme. Não se sabe a identidade desse maníaco, e muitas outras dúvidas a respeito permanecem. O filme foi assistido todas as vezes até o fim? Isso já aconteceu outros anos? Ele viu os outros filmes da trilogia? Será um estudo? O mais espantoso, porém, é que esse não foi o pior caso de vício registrado pelo Netflix em 2017.

Um outro usuário assistiu ao primeiro filme da série Piratas do Caribe, A Maldição do Pérola Negra, nada menos que 365 vezes nesse ano que se encerra. Sim, uma exibição do filme para cada dia de 2017.

O recorde impressiona ainda mais se considerarmos que, em média, cada usuário assiste 60 filmes pela plataforma por ano. Se você estava preocupado com seus hábitos no Netflix, já pode relaxar – ou começar a se preparar bater tais recordes em 2018. Abaixo, mais dados revelados pelo próprio Netflix a partir dessas estatísticas de 2017, em gráfico criado pela própria plataforma.

Publicidade

© fotos: reprodução/Netflix


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Pela primeira vez na história cientistas conseguem reverter envelhecimento