Debate

Contra obesidade infantil, capital europeia proíbe restaurantes fast food próximo às escolas

por: Redação Hypeness

Londres, a capital da Inglaterra, através de um decreto emitido pelo prefeito Sadiq Khan, decidiu começar a olhar de frente para um problema que vem se revelando tão endêmico e, a longo prazo, letal quanto muitas drogas: os hábitos alimentares infantis. Para tal, foi anunciado que novos estabelecimentos que vendam fast-food não poderão ser abertos em um raio de 400 metros de qualquer escola.

A controversa decisão se deu diante de uma estimativa alarmante entre as crianças londrinas, mas que é também realidade na maioria das grandes cidades ocidentais: cerca de 40% dessas crianças terminam a escola obesas ou bastante acima do peso. Desde a saúde propriamente até o desenvolvimento intelectual de tais alunos pode ser gravemente afetados por tais péssimos hábitos alimentares.

O decreto, porém, não afeta as lojas de fast-food já existentes, dificultando em muito os resultados almejados – existem cerca de 15 mil estabelecimentos do tipo a uma distância caminhando de 5 minutos de escolas, somente em Londres. O efeito do decreto poderá ser realmente medido no futuro, mas simbolicamente já é importante que comecemos a tratar os males em nossa alimentação como de fato merecem – ameaças não só à vida, como ao próprio desenvolvimento de crianças no mundo todo.

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Jornalista com coronavírus circula por condomínio e revolta moradores