Estilo

Inspire-se com estas fotos da galera usando jeans nas ruas nos anos 1970

por: João Vieira

O jeans se tornou um adereço indispensável na moda jovem a partir dos anos 1950 e começo dos anos 1960. Depois, se propagou em pessoas de outras idades e ganhou a popularidade que possui até hoje.

O glamour do tecido ganhou forte impulso com as atuações de caras como Marlon Brando e James Dean em filmes como Juventude Transviada (1955) e Blue Denim (1959).

Essas produções decretaram o jeans, a jaqueta de couro preta e a camiseta branca como símbolos da rebeldia, que se tornou um movimento cultural na época.

Nos anos 1970, uma série de movimentos explodiu na população mundial, como a revolução sexual, e o jeans se tornou o uniforme de estudantes universitários, hippies e todo mundo que se identificava com a contracultura.

A calça, então, ganhou esse status simbólico de independência, liberdade e o abandono de tradições do passado. Além disso, o jeans era uma roupa que homens e mulheres podiam usar, o que o fez representar a igualdade de gênero tão buscada até hoje.

Uma das pioneiras a comercializar o jeans, a Levi’s segue sendo uma das marcas mais populares nesse setor. “Levi’s sempre foi uma companhia construída em cima de fortes valores e nós temos orgulho de sermos pioneiros na luta por direitos iguais”, disse Karyn Hillman, CPO da empresa, para o site Fashionista. A marca é a responsável pelos modelos que aparecem abaixo.

 

Publicidade

Fotos: foto 1: Keystone Features/Getty Images; foto 2: Mike Lawn/Fox Photos/Getty Images; foto 3: Roy Jones/Getty Images; foto 4: R. Jones/Getty Images; foto 5: Evening Standard/Getty Images; foto 6: Evening Standard/Getty Images; foto 7: Hulton Archive/Getty Images; foto 8: Chaloner Woods/Getty Images; foto 9: Tim Graham/Getty Images


João Vieira
Com seis anos de jornalismo, João Vieira acredita na profissão como uma ótima oportunidade de contar histórias. Entrou nessa brincadeira para dar visibilidade ao povo negro e qualquer outro que represente a democracia nos espaços de poder. Mas é importante ressaltar que tem paixão semelhante pela fofoca e entretenimento do mais baixo clero popular.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Acaba capitalismo: Louis Vuitton lança casaco de quase R$ 50 mil feito de pelúcias penduradas