Inspiração

Jovem amputada fala sobre o assunto no Tinder com personalidade e algumas lições de vida

por: Joao Rabay

Patrocinado por: Namore-se

Alguns meses atrás, o perfil de Lauren Scott no Tinder ficou famoso na internet por causa de sua personalidade e senso de humor. Um ano antes, a californiana havia perdido o braço em um acidente de trânsito, mas isso não a impedia de demonstrar positividade no aplicativo. (Relembre aqui)

Sem dúvidas o melhor encontro do Tinder
Rosto 10/10
Corpo 9/10
Personalidade 20/10
Braços 1/2

Lauren foi entrevistada pelo Dazed e contou mais sobre o acidente que a fez perder o braço e sobre como leva a vida. Tudo começou quando ela andava por uma rua de San Diego em um ciclomotor, uma espécie de bicicleta motorizada, a mais de 90 km/h, bem mais rápido do que a velocidade limite para carros na via.

Era madrugada de uma quarta-feira em junho de 2016, e o desejo por adrenalina fez com ela perdesse o controle e atingisse uma placa sobre a calçada. A velocidade e a força da batida fizeram com que fosse necessário amputar o braço.

“Eu usava drogas diariamente, odiava meu emprego e saía com caras em quem não tinha nenhum interesse”, conta Lauren. “Pensava em me matar todos os dias. Não tinha uma relação com ninguém na minha família e descontava minha raiva em pessoas que não mereciam. Depois do acidente, passei a ver tudo com novos olhos”.

A norte-americana diz que passou a valorizar mais a vida e pôde ver como algumas pessoas realmente se importavam com ela, além de perceber o quão resiliente e forte ela podia ser frente à situação mais difícil pela qual tinha passado.

Se hoje Lauren é autoconfiante em relação ao próprio corpo, ela passou a adolescência flertando com a bulimia, a anorexia e a depressão. “Todo mundo sempre me elogiou por ser magra, então achei que a coisa mais lógica era emagrecer mais”. Ela chegou a passar dias sem comer.

Apesar de ter ficado conhecida na internet por causa do Tinder, ela diz que não está à procura de relacionamentos, apesar de ter achado que voltar a sair foi muito mais natural do que ela poderia esperar. “Não estou interessada em um relacionamento com ninguém além de mim no momento. Preciso de uma relação interna mais saudável antes de me preocupar com isso”, afirma.

Lauren conta que as relações têm sido mais honestas e saudáveis desde o acidente, e que não vê as diferenças como empecilho. “Sem braços ou com quatro deles, se você for legal, vou sair com você. As pessoas são muito mais que suas ‘deficiências’, e as pessoas que passaram por alguma merda costumam ser as mais interessantes. Se alguém não quer sair com você por causa disso, sua vida está melhor sem essa pessoa”, afirma.

Mesmo vivendo bem sem o braço, ela criou uma campanha de financiamento coletivo para conseguir pagar por uma prótese. Em pouco mais de um ano, ela conseguiu levantar 36 mil dos 50 mil dólares necessários para fazer a cirurgia.

Para conferir todo o artigo, em inglês, clique aqui.

Publicidade

Fotos: Lauren Scott (Reprodução)

Fonte: Dazed


Joao Rabay
Gosta de ler boas histórias para aliviar a mente no meio de tantas notícias ruins. Ainda acredita que elas podem inspirar boas mudanças e fica feliz quando pode contá-las.


X
Próxima notícia Hypeness:
Alecrim: aliado contra a depressão e antídoto para ansiedade