Inspiração

Mulheres reais invadem as ruas de NY com sua beleza real em desfile épico

por: Redação Hypeness


Mulheres altas e baixas, magras e gordas, que amam seus corpos mesmo com estrias, celulites, cicatrizes ou qualquer tipo de marca, pararam a mundialmente famosa Times Square, em Nova York, em um desfile dedicado à beleza real.

O evento surgiu graças a Khrystyana, uma ativista que organizou a #theREAKcatwalk (algo como “A passarela de verdade”) em três dias através das redes sociais. Cerca de 30 mulheres compareceram ao ponto turístico nova iorquino e desfilaram de lingeries, ignorando o frio do mês de dezembro no hemisfério norte.

I’ll do anything to support women…including catwalk in lingerie down Times Square😬 Together we walked to reinforce one beauty standard: BEING YOU. Because being you is the definition of beauty. It was cold, but my heart was warm surrounded by the fire of all these powerful women💃🏻💃🏽💃🏼💃🏾🔥💗💪🏼 #therealcatwalk #womensmarch . . . . . . #effyourbeautystandards #loveyourlines #thisgirlcan #womenshould #yesallwomen #allbodiesaregoodbodies #ilovemybody #bodypositivity #selflove #loveyourbody #embraceyourcurves #teamcurvy #facesoffeminism #bodyacceptance #selfconfidence #bodylove #bodyimage #bopo #bopowarrior #celebratemysize #allwomen #timessquare #newyorkcity #mybodymychoice #girlgang #womenempowerment #womensupportingwomen #girlboss

A post shared by Lily 陳利利 (@thelilycproject) on


Teve até gente que viajou de outras cidades para participar. Khrystyana diz que é ativista do movimento Body Positive, que prega a aceitação do próprio corpo, há cerca de um ano, e que, conforme ele cresce, ela tem mais e mais ideias criativas para ajudar a empoderar as mulheres.

De acordo com ela, a ideia foi surgindo ao longo do ano, mas tomou forma em apenas 3 dias graças a uma amiga que pensou que seria “brilhante” fazer algo do tipo depois do tradicional desfile das Angels da Victoria’s Secret, um dos maiores exemplos de propagação de um ideal de beleza irreal que existe.

Apesar disso, a organizadora diz que o desfile não foi um manifesto contra a marca, e sim a favor da ideia de que qualquer mulher pode ser bonita o suficiente para desfilar numa passarela.


“É exatamente por isso que muitas de nós se sentem inseguras em relação a corpos ou rostos. Olhamos para essas modelos lindas e somos afetadas profundamente, mesmo que inconscientemente, pelo ideal massacrante de um tipo de beleza. Negligenciar a representação de outros tipos ou ideais de beleza pode fazer com que nos sintamos pouco atraentes, como se precisássemos mudar para ficar parecidas com essas garotas”, disse Khrystyana.




PART III “pyramid” by @abbeydrucker #theREALcatwalk#diversity #inclusion #everybodyisbeautiful #forwomen #womenempowerment

A post shared by BodyPositive Activist | Model (@khrystyana) on


Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ela criou um rótulo de vinho inspirado na vitória contra o câncer