Inspiração

ONG ajuda imigrantes e refugiados a criar ‘restaurantes virtuais’ em São Paulo

por: Joao Rabay

Comida mexicana, síria, colombiana, congolesa… A culinária de vários países está presente no Brasil, e os paulistanos agora estão a um aplicativo de distância de saborear delícias preparadas por imigrantes e refugiados que vivem em São Paulo.

Isso graças ao projeto Raízes na Cozinha, da ONG Migraflix, em que 20 imigrantes e refugiados com talento para a cozinha receberam um treinamento especial de cinco meses para montarem seu próprio ‘restaurante virtual’ graças à parceria com o Uber Eats.

Eles receberam capacitação técnica para desenvolver suas técnicas na cozinha e entender melhor o paladar brasileiro, além de mentoria especializada e treinamentos para afiar a gestão de negócios.

10 deles já estão entregando suas especialidades a partir do aplicativo em São Paulo, e os outros devem estar com tudo pronto até janeiro. Se você estiver próximo de algum deles na Grande São Paulo, verá seus restaurantes com destaque (a lista dos dez está no fim da matéria).

Alguns dos participantes já trabalhavam com gastronomia em seus países, outros fizeram dela um meio de vida ao mudar para o Brasil. Jonathan Berezovsky, fundador do Migraflix, acredita que o programa é uma ótima maneira de empoderar os estrangeiros, ajudando-os a assumir o controle de suas vidas.

Ao longo dos últimos três meses, os participantes atuaram em eventos promovidos pela ONG, como workshops e coffee breaks, que geraram mais de R$ 50 mil em renda, uma média de cerca de R$2600 para cada um.

Liliana Pataquiva, colombiana especialista em deliciosas arepas, não só participou do programa, como foi premiada por sua dedicação, talento e por ter o plano de negócios mais bem estruturado.

Ao centro, as arepas de Liliana

Ela chegou ao Brasil em 2014 para fugir da pressão que os narcotraficantes exerciam sobre moradores e comerciantes da região em que vivia. “O Raízes na Cozinha mudou minha vida, não só por causa do aprendizado mas também pelas amizades que fizemos”, conta Liliana.

A cozinheira destaca as dicas para ampliar o alcance de sua empresa, a Arepas Urbanika. São 15 opções de arepas no aplicativo, uma espécie de pãozinho de milho branco com recheio no capricho, além de patacon, ceviche, sobremesas e bebidas típicas colombianas.

O Raízes na Cozinha contou com a colaboração também do Acnur, o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, do Consulado da Mulher, do Food Truck Buzina, da Escola Wilma Kovesi de Cozinha e do Facebook.

Estes são os 10 restaurantes que já estão no catálogo do Uber Eats:

Arepas Urbanika (comida colombiana)

Cham – Comida Síria

La Mexicana

Le Gout du Congo

Limar Comida Árabe

Macondo Raízes Colombianas

Nossa Janela (comida venezuelana)

Pérola do Caribe (comida colombiana)

Salsabil Cozinha Árabe

Trofai: Delícias Da Costa Do Marfim

Publicidade

Fotos por Comodo - Agenzia Riguardare


Joao Rabay
Gosta de ler boas histórias para aliviar a mente no meio de tantas notícias ruins. Ainda acredita que elas podem inspirar boas mudanças e fica feliz quando pode contá-las.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O Pasquim: jornal de humor que desafiou a ditadura ganha exposição em SP ao completar 50 anos